Pesquisa Datamax aponta que Silvio Mendes tem 33% das intenções de votos e Rafael 27%

O Instituto Datamax realizou uma nova pesquisa entre os dias 30 de maio a 4 de junho em Teresina. O resultado aponta diferença de pouco mais de cinco pontos percentuais entre Silvio Mendes (União Brasil) e Rafael Fonteles (PT) em Teresina. Segundo o Instituto Datamax, o pré-candidato do União Brasil tem 33% das intenções de voto na capital, enquanto Rafael Fonteles aparece com 27,17%.

Na sequência aparecem Major Diego, com 5%; Gessy Fonseca (4,83%), Alessander Mendes (1,33%), Wallace Miranda (0,67%), Ravenna Castro e Venício do Ó, com 0,50% cada, e Gustavo Henrique Senador, com 0,17%. Os votos nulos ou em brancos somam 14,83%; e não sabem ou não opinam, 12%.

O levantamento revela uma queda acentuada na diferença entre os dois principais pré-candidatos a governador em Teresina. Na pesquisa anterior do Datamax, realizada entre 24 e 26 de maio, Silvio tinha 37,33% das intenções de voto e Rafael Fonteles aparecia com 26,67%, diferença de mais de 10 pontos percentuais.

Com o apoio do ex-presidente Lula (PT), Rafael Fonteles teria 39,33% dos votos na capital se a eleição fosse hoje. O pré-candidato do União Brasil aparece com 25,67% das intenções de voto com apoio do ministro da Casa Civil do Governo Bolsonaro, Ciro Nogueira (Progressistas).

Na sequência vêm o pré-candidato do PL, Major Diego, com apoio do presidente Jair Bolsonaro, com 6,50%; Gessy Fonseca (PSC), apoiada por Pastor Everaldo, com 6%; Alessander Mendes (Podemos), apoiado por Renata Abreu, com 1%; Venício do Ó (PTB) apoiado por Roberto Jefferson, com 0,67%; Ravenna Castro (PMN), apoiada por Carlos Massarollo, com 0,33%; e Wallace Miranda (Novo), apoiado por Eduardo Ribeiro, com 0,33%. Os votos nulos ou em brancos somam 12,67%; e não sabem ou não opinam, 7,50%.

A pesquisa com amostra de 600 eleitores distribuída nas zonas Norte, Sul, Leste e Sudeste de Teresina, além de povoados da zona rural, considerando cotas de sexo, idade, grau de instrução e renda em relação ao eleitorado da capital. A margem de erro é de 3,99%, e o nível de confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PI), com número PI-06420/2022, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BR-03814/2022.

EMPATE TÉCNICO NA PESQUISA ESPONTÂNEA

A pesquisa para governador do Instituto Datamax na modalidade espontânea (quando os entrevistados não são informados dos nomes dos pré-candidatos), aponta uma diferença de apenas 3,5 ponto percentual de Sílvio Mendes para Rafael Fonteles, o que caracteriza empate técnico entre os dois principais pré-candidatos em Teresina.

O pré-candidato do União Brasil tem 12,83% das intenções de voto, enquanto Rafael Fonteles aparece com 9,33%. Também aparecem espontaneamente citados pelos entrevistados os seguintes nomes: Wellington Dias (3,83%), Candidato do PT (3,33%), Gessy Fonseca (1,83%), Major Diego (1,17%), Lula (1%) Candidato do PL (0,67%), Regina Souza (0,50%), dentre outros. Os entrevistados que disseram que não sabem ou não quiseram opinar somam 55,50%; que votariam em branco ou anulariam o voto, 8,33%.