Prefeitura entregará maior centro de especialidade médica do interior do Estado

Fazendo parte da programação das inaugurações de obras será inaugurado o Centro Integrado de Saúde Eutrópio Leite Monteiro Alves numa homenagem a esse grande piripiriense que nos deixou recentemente.

O Centro Integrado irá concentrar serviços e estruturas já existentes e criar novas especialidades se tornando o de maior envergadura no interior do Estado do Piauí.

A criação do Centro Integrado de Saúde é um arremate na adequação da rede física do SUS e vai abrigar num só local as atividades do Centro de Saúde Dr. Adauto Coelho de Rezende, atendimentos de média complexidade como cardiologia, ortopedia, neurologia, psiquiatria, dermatologia, ultrassonografia, psicologia, enfermagem e nutrição.

O Centro de Reabilitação Ademar Getirana Neto também funcionará no novo centro. Com salas amplas, consultórios, da recepção às salas de espera, clínicas de fisioterapia e consultas ambulatoriais irão proporcionar mais conforto, agilidade, num ambiente minuciosamente programado inclusive com uma programação visual dentro dos padrões mais modernos em ambientes de saúde.

No novo espaço funcionará também o Laboratório Municipal, sede do SAMU com diques de lavagem e sanitizaçao, o Centro de Saúde da Mulher e todos os serviços a ele agregados.
“Dentro de uma crise sem precedentes no país, onde todos os recursos são poucos, o prefeito Luiz Menezes entregará uma obra para marcar a gestão, fruto de um enorme esforço para obter a chancela do MS nessa readequação e integração dos serviços de saúde de referência e retaguarda no município”, comenta o secretário de saúde Almiro Mendes.

“O Centro Integrado de Saúde Eutrópio Leite Monteiro Alves funcionará no sistema de regulação atendendo usuários enviados pelos postos de saúde. Não é Pronto-Socorro, é bom que se diga”, explica o secretário.
“Comunicamos com muita felicidade que lá teremos um incremento como sala de estimulação precoce no centro de fisioterapia, setor de radiologia, mamografia e raio-x com emissão de laudos ou seja, é o grande marco que a gestão finca na área de saúde”, comemora Almiro Mendes.

Acidente deixa três feridos na rua de cima na manhã desta segunda feira

Um acidente registrado na manhã desta segunda feira,6 deixou três pessoas feridas. Um veículo gol de cor vermelha conduzido pelo sr. Francisco de 64 anos se chocou com uma moto pilotada por um rapaz de nome Cacá do bairro anajás que levava um rapaz na garupa de nome Francisco do residencial petecas a moto após a batida contra o carro acabou por atingir uma mulher de nome Francisca da rua da glória que estava parada no acostamento, a mulher e os dois rapazes da moto ficaram com bastante ferimentos.

Deputado Assis Carvalho morre aos 59 anos após sofrer infarto em Oeiras

O deputado federal e presidente estadual do PT, Assis Carvalho, morreu na tarde deste domingo (5) após sofrer um infarto e ser internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Oeiras. O parlamentar tinha 59 anos e enfrentava problemas cardíacos.

Segundo apurou o Cidadeverde.com, o parlamentar sofreu cinco paradas cardíacas desde às 15h, quando passou mal.

O deputado estava em seu sítio quando passou mal e teve de ser levado para a unidade de pronto atendimento. A esposa de Assis Carvalho acompanha o deputado.

Em 2012, o parlamentar federal teve um princípio de infarto e em 2019 também teve complicações no coração. Assis Carvalho tem problemas cardíacos e já passou por procedimentos cirúrgicos.

De acordo com a direção do Hospital Regional Deolindo Couto (URDC), a equipe de socorristas ainda tentou estabilizar o deputado para ser transferido para Teresina via SAMU aéreo.

A morte do deputado federal comove a cidade e moradores já começam a se reunir em frente à unidade de saúde.

Assis Carvalho iniciou suas atividades no movimento sindical. No Sindicato dos Bancários ao lado do atual governador Wellington Dias (PT) e Regina Sousa, vice-governadora, atuaram em defesa dos direitos dos trabalhadores dos bancos.

No governo Wellington Dias, Assis foi diretor do Detran, presidente da Agespisa e Secretário Estadual de Saúde. Em 2006 foi eleito deputado estadual pelo PT e em 2010 conseguiu chegar a Câmara Federal. Ele estava no terceiro mandato de deputado federal. Foi presidente do PT e conseguiu se reeleger. Assis é amigo pessoal do governador e um militante histórico do PT.

Velório no sítio

O corpo do deputado Assis Carvalho está sendo velado de forma restrita apenas pelos familiares em seu sítio, que fica a 4km de Oeiras, devido a pandemia do novo coronavírus.

Nesta segunda – às 8h – o corpo irá para a funerária no Centro para despedidas também de familiares. Logo em seguida será sepultado em Oeiras.

ANIVERSÁRIO 110 anos de Piripiri é marcado por entrega de obras e público restrito

O deputado estadual Marden Menezes- PSDB participou das solenidades que marcaram o aniversário de 110 anos de Piripiri. Na sexta-feira (03) foi inaugurada a II Capela Mortuária,  uma capela pública para celebração ecumênicas para todas as religiões e para realização de velórios. No sábado (04), houve o hasteamento da Bandeira e inauguração da reforma e melhoria da quadra Poliesportiva Pedro Velho, próximo ao Centro Administrativo.

A programação de aniversário do município segue durante todo o mês de julho com entrega de obras. Nos próximos dias, o prefeito Luiz Menezes entregará para a população, a inauguração do Espaço Cultural na antiga praça do Olho D’água, da Praça da Bíblia, obras de pontes e estradas além da inauguração do Centro de Especialidades Médicas, na estrutura da UPA, que foi completamente remodelada e modernizada. Todas as solenidades seguem os protocolos de segurança recomendados pelos órgãos de saúde com medição de temperatura, exigência de máscara, disponibilização de produtos de higiene e limitação de pessoas.

As atividades esportivas, campeonatos assim como o Pirifolia e todos os eventos de grande massa, que sempre estiverem presentes durante o mês que celebra o aniversário de Piripiri foram suspensos e serão realizados no próximo ano, caso a pandemia do novo coronavírus tenha sido superada.

Empresa comprou teste rápido por R$ 55,00 e vendia até R$ 210, diz delegado

O delegado da Polícia Federal do Piauí, Allan Reis de Almeida, que preside o inquérito da operação “Reagente” informou ao portal Cidadeverde.com que a empresa, suspeita de irregularidades, comprava teste rápido a R$ 55,00 e vendia para as prefeituras no valor de R$ 150 até R$ 210,00. Com isso, em determinados contratos, o aumento de preço chegava a 280%.

Nesta quinta-feira, a Polícia Federal deflagrou operação para cumprir 17 mandados de busca e apreensão para investigar indícios de superfaturamento e de fraude em licitações para aquisição de testes rápidos para covid-19 em municípios piauienses.

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) informou que em junho, o Pleno do Tribunal já havia homologado duas decisões monocráticas determinando, entre outras medidas, a suspensão de pagamento para a empresa Ronaldo A. da Silva (Prodlab Produtos  Laboratoriais). O Tribunal detectou indícios de fraude nas licitações de 29 municípios que contrataram a mesma empresa para aquisição de testes rápidos para covid-19, além de indícios de sobrepreço.

“A empresa Prodlab comprava no mercado o teste no valor de R$ 55,00 e revendia a particulares em preços que variam de R$ 120 a R$ 150. Tendo um lucro bem alto. Já para órgãos públicos, a empresa vendia a preços de R$ 170 a R$ 210. Mesmo comprando uma quantidade grande, o que se esperava era um desconto no preço, mas para os órgãos públicos era mais caro”, informou o delegado que é titular da Delegacia de Repressão à Corrupção e Desvio de Recursos Públicos da PF.

Allan Reis informou ainda que algumas prefeituras compravam os testes rápidos até em preços aceitáveis, mas apresentavam planilhas fictícias.

A compra para as 29 prefeituras soma em torno de R$ 1,8 milhão. Segundo a PF, cerca de 40% do valor foi superfaturado.

“A empresa compra os testes de São Paulo, Minas Gerais ao preço de R$ 55,00 e as próprias prefeituras poderiam buscar direto no fornecer”, disse o delegado.

Auditoria do TCE constatou indícios das irregularidades na prefeitura de Picos. Lá, foi o município que mais comprou teste com gasto de R$ 640 mil. Os secretários municipais de Picos, Bom Jesus e Uruçui foram intimados a prestarem depoimentos na manhã de hoje.

Alerta aos prefeitos

O delegado disse que chama atenção é que os prefeitos fazem compras sem verificar o valor de mercado, alheios a legislação.

“É preciso verificar a cotação de preços, mesmo com a dispensa de licitação em período de pandemia, precisa analisar se é fraudulenta ou não. Parece escolhas determinadas, alheios a legislação, ajudando a vilipendiar o erário público”, afirmou o delegado.

Suspensão dos pagamentos

O auditor de controle externo do TCE, Luís Batista, informou que foi feita a análise desses processos e isso levou a indícios de irregularidades. O TCE determinou a suspensão dos pagamentos à empresa.

“Ao analisarmos os processos de contratações dessa empresa, com esses 29 municípios, verificamos que havia muitas circunstâncias similares e que davam a entender que havia indícios de sobrepreço e indícios de que não estava havendo competição, que as propostas de preço contidas nesses processos, teriam sido todas preparadas por uma mesma empresa. Com base nesses indícios, foram elaborados relatórios da auditoria no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Piauí”, Disse.

Segundo o auditor, o objetivo da operação de hoje é reunir informações e documentos que permitam fazer a fiscalização tanto do Departamento Nacional do Sistema Único de Saúde (DenaSUS) e da Polícia Federal para saber o que de fato ocorreu.

Além das investigações da PF, os processos administrativos continuam tramitando no Tribunal de Contas do Estado aguardando o julgamento.

O auditor do TCE, José Inaldo de Oliveira, que participou da operação Reagente nesta quinta(02), dando suporte à PF, destacou que todos fatos devem ser esclarecidos e criticou o superfaturamento dos preços praticados.

“Nós vivemos em tempos de pandemia e é inadmissível que a corrupção, que desvia recursos públicos, que deveriam ser destinados a esse enfrentamento do coronavírus, passe a ser desviado, ou mal empregado. É inadmissível aceitarmos que produtos adquiridos entre R$ 55 e R$ 66, sejam vendidos até R$ 215. Não há regra nenhuma de mercado que covalide tão fato, o que se pretende aqui é esclarecer tudo isso e de certa forma, socorrer o poder judiciário, a polícia para que se esclareça as irregularidades que até agora são bem flagrantes”, destacou.

Cidadeverde.com entrou em contato com a empresa Prodlab Produtos Laboratoriais durante a manhã de hoje e não obteve resposta. O portal está aberto para esclarecimentos.

Prefeitura por meio da SETAS adquiriu equipamentos de proteção individual para os servidores

A Prefeitura Municipal de Piripiri, por meio da SETAS, adquiriu vários equipamentos de proteção individual para os servidores municipais desta secretaria, como: álcool em gel, máscaras, aventais, macacão, óculos, viseiras, luvas e tocas.

De acordo com algumas normas emitidas pela União, os serviços socioassistenciais são considerados essenciais e devem ser mantidos, de forma remota e planejada, neste período de pandemia.

“Visando proporcionar segurança aos nossos funcionários, adquirimos estes equipamentos para que possam continuar o trabalho de assistência aos nossos usuários sem trazer risco a saúde destes, disse a secretária da SETAS, Márcia Galvão.

Piauiense é assassinada a golpes de facão em Goiás

Uma mulher, natural de Amarante, foi assassinada a golpes de facão, no sábado (27/06), no bairro Jardim Ingá, em Luziânia (GO). A vítima foi identificada como Sâmia Regina, de 26 anos. Segundo a polícia, ela estava em uma casa participando de uma festa a convite do proprietário, que não soube explicar como o crime ocorreu e nem quem seria o autor. As informações são do Somos Notícia.

A polícia qualificou todos os participantes da festa como testemunhas do crime. As investigações do assassinato serão realizadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade de Luziânia.

Segundo a família, o corpo deve chegar a Amarante nessa segunda-feira (29/06), quando será feito o sepultamento no cemitério do bairro Vila Nova. Não haverá velório. Sâmia, que era mãe solteira, deixa cinco filhos.

Músico da Orquestra Sinfônica de Teresina morre vítima de covid-19

 

 

O músico da Orquestra Sinfônica de Teresina, Caio Michel Cardoso da Silva, 30 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (22), vítima da covid-19. Ele foi diagnosticado em 28 de maio e estava internado no Hospital Prontomed, desde as primeiras semanas deste mês, mas não resistiu à doença provocada pelo novo coronavírus.

Natural de Teresina, ele começou seus estudos de música e violoncelo aos 13 anos no projeto Orquestra Escola, na Casa da Cultura de Teresina, na época, sede da Orquestra Sinfônica de Teresina, em agosto de 2003. Caio Michel tinha graduação em Música pela Universidade Federal do Piauí, era professor de Violoncelo do projeto Música Para Todos e regente substituto da Orquestra Jovem do Música Para Todos.

Por meio de nota, a Prefeitura de Teresina lamentou a morte precoce de Caio Michel Cardoso da Silva, que teve hepatite C há cerca de um ano.

Confira a nota na íntegra

É com profunda tristeza que a Prefeitura Municipal de Teresina lamenta o falecimento de um dos mais talentosos músicos da Orquestra Sinfônica de Teresina: Caio Michel Cardoso da Silva. O artista tinha 30 anos e estava na UTI com o diagnóstico de Covid-19.

Caio ingressou ainda jovem na música e sempre se destacou com seu talento e dedicação.

Nesse momento de dor, a Prefeitura se solidariza com os familiares e amigos, em especial com os companheiros de jornada da Orquestra Sinfônica de Teresina. GP1