Filho mata própria mãe após chamá-la de ‘rapariga’

 

Um rapaz, que foi identificado como Luandenson Pinheiro matou sua própria mãe, Edna Pinheiro, na tarde dessa quarta-feira (09/05), em Santa Maria (PA), depois de ter chamado ela de rapariga.

Luandenson, após o xingamento, jogou um pedaço de madeira e acabou acertando a região próxima ao rim da vítima. A mãe perdeu a respiração e morreu minutos seguintes.

Segunda a polícia informou ao G1, o motivo do crime foi por conta de que Edna se recusou a dar dinheiro ao filho para comprar drogas. O suspeito foi preso e autuado em flagrante por feminicídio.

O padrasto disse que em outras ocasiões, a mãe já havia sido vítima de agressões e humilhações pelo filho.

Luandenson foi levado para uma estrada de terra, onde a população tentou agredi-lo.

Fonte: 180 graus.com.

Corpo de mulher é encontrado boiando às margens do Rio Piracuruca

Na manhã desta quinta-feira (10/05), um corpo de uma mulher foi encontrado boiando às margens do Rio Piracuruca. Um pescador que navegava pelas águas do rio, encontrou o corpo boiando, o acesso ao local fica próximo a Rua Batalha no bairro Guarani. Curiosos vieram até o local na tentativa de identificar a vítima, mas só foi possível observar uma tatuagem nas costas do corpo, policiais militares chegaram para fazer a segurança do local, já que ninguém poderá mover o corpo até a chegada do IML de Parnaíba, para tentar descobrir as causas da morte. A vítima foi identificada como Luzanira Barbosa da Silva, 41 anos.

Fonte: Piracuruca ao vivo.

Polícia Federal em Piripiri, pessoas são presas envolvidas em crime previdenciário

Polícia Federal do Piauí cumpre na manhã desta terça-feira (8) 19 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão nas cidades de Parnaíba, Cocal, Brasileira, Barras, Piripiri, Tianguá (CE), Tutoia (MA) e Paraíso do Tocantins (TO). Ainda não há informações sobre o total de presos e a PF diz que a ação visa combater crimes previdenciários que somaram prejuízo de mais de R$ 27 milhões ao INSS.

A PF informou por meio de nota que entre os presos há um funcionário público, um vereador e um empresário de Piripiri. Há ainda uma funcionária do INSS de Parnaíba. O total de presos e mandados de busca já cumpridos ainda não foi divulgado.

A quadrilha agia, segundo a polícia, falsificando documentos para “criar” pessoas idosas e com deficiência no intuito de receber de forma fraudulenta benefícios do INSS. Pelo menos 320 benefícios foram suspensos após as investigações, que começaram há oito meses.

Com o nome de Operação Biditos, a PF informou que o termo faz referência à forma como os criminosos se referiam a “cartões”, porque alguns dos integrantes do grupo criminoso se dizem ciganos. Fonte: G1Piauí.

Confira a nota da Polícia Federal

NOTA À IMPRENSA

Teresina/PI: A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje(08/05) a “Operação Biditos” com o fim de desarticular organização criminosa especializada em fraudes a benefícios assistenciais do INSS concedidos a idosos e deficientes. A investigação iniciou-se há aproximadamente oito meses e contou com o apoio da Gerência Executiva do INSS no Piauí.

Estão sendo cumpridos na Operação 10 Mandados de Prisão Preventiva, 09 Mandados de Prisão Temporária e 29 Mandados de Busca e Apreensão nos municípios de Piripiri, Parnaíba, Brasileira, Cocal, Barras, Tianguá/CE, Tutóia/MA e Paraíso do Tocantins/TO, todos expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Teresina/PI, cuja deflagração contou com a mobilização de 145 Policiais Federais dos Estados do Piauí, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba e Tocantins.

A deflagração contou ainda com o apoio do Segundo Batalhão da Polícia Militar em Parnaíba/PI.

Dentre os presos há uma servidora do INSS em Parnaíba/PI, um vereador, um empresário e um funcionário público municipal, todos de Piripiri/PI.

Identificou-se na investigação que a organização criminosa recebia mensalmente cerca de 320 benefícios assistenciais fraudulentos e adotava como modo de agir a criação de pessoas fictícias por meio da falsificação de documentos públicos (tais como certidões de nascimento, carteiras de identidade e CPFs, dentre outros), que eram utilizados para a obtenção dos benefícios em diversas agências do INSS no Piauí e Ceará.

Esses benefícios com indícios de fraude causaram um prejuízo efetivo ao INSS no montante de R$ 27.669.685,27. A Justiça Federal já determinou a suspensão de tais benefícios, medida que evitará um prejuízo mensal ao INSS de R$ 305.280,00 e um prejuízo futuro estimado superior a 19 milhões de reais.

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa (artigo 288 do CPB), estelionato qualificado (artigo 171, § 3º, do CPB), falsidade ideológica (artigo 299 do CPB) e uso de documento falso (artigo 304 do CPB).

A Justiça Federal também determinou o bloqueio de contas bancárias dos presos e a suspensão do exercício da função pública para a servidora do INSS e para o servidor da Prefeitura de Piripiri/PI.

Após a lavratura dos procedimentos legais na Superintendência da Polícia Federal os presos serão encaminhados ao Sistema Prisional, onde ficarão custodiados à disposição da Justiça.

O nome da Operação “BIDITOS” decorre da expressão utilizada por alguns dos membros da quadrilha, que se dizem ciganos, para se referirem aos cartões de benefícios do INSS em seu dialeto.

Logo mais as 11H será concedida uma entrevista coletiva à imprensa objetivando passar mais informações sobre a operação.

Teresina/PI, 08 de maio de 2018.

Comunicação Social/SR/PF/PI

Centro de reabilitação atende mais de 200 pacientes por mês em Piripiri

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Reabilitação Getirana Neto, localizado na Avenida Otílio Resende, 308, Centro, oferta a população piripiriense tratamento fisioterápico gratuito pelo SUS, de segunda a sexta-feira, nos turnos manhã e tarde.

O centro de reabilitação é composto por uma equipe de profissionais com grande experiência, atendendo em média 220 pacientes por mês. “É mais um serviço de extrema importância para nossa população, e que nós continuaremos trabalhando diuturnamente para ofertar sempre a excelência devida ao nossos usuários do SUS”, frisou o secretário de saúde Antônio Carlos.

Prefeitura iniciará pavimentação de mais de 24 mil metros quadrados de calçamento

A Prefeitura de Piripiri iniciará, nos próximos dias, a primeira etapa de uma série de pavimentação poliédrica no município.

No total serão mais de 24 mil metros quadrados de calçamento, contemplando a comunidade Barreirinha, Centro Administrativo e bairro Petecas. Já houve a licitação e em breve serão iniciadas as obras.

Além destas há também mais 2 milhões de reais para a próxima etapa, oriundos de emendas parlamentares.

O prefeito Luiz Menezes afirma ainda que está buscando recursos para aplicar obra de calçamento em praticamente todos os bairros de Piripiri. “Estamos lutando pelo programa Avançar Cidades, onde alocamos no projeto mais de 10 milhões somente para calçamento, contemplando inúmeros bairros de nossa cidade. Mas enquanto não sai estamos trabalhando com emendas de parlamentares amigos de Piripiri, que já ajudarão bastante na urbanização de nosso município”, disse Menezes.

Fim do moto passeio, Piripiri vive um dia tranquilo!

Com a proibição do moto passeio, uma tradição de 36 anos, a cidade de Piripiri viveu ontem um dia tranquilo longe daquele barulho ensurdecedor que tinha que conviver anos anteriores. O famoso motocross também foi extinto do calendário local.

A única coisa que restou foi a matinal que reuniu centenas de pessoas na AABB com Washington brasileiro.

opinião

Me perguntaram se é verdade que acabou a festa dos motoqueiros, eu respondi que não, o que acabou foi a esculhambação que tinha se tornado esse lindo evento, o que tinha acabado era o pânico que se instalava em Piripiri durante os dias de festas, os acidentes constantes e até causas de mortes já registrado em decorrência da imprudência de alguns loucos disfarçados de motoqueiros. O melhor dia dos motoqueiros (assim chamado) foi o de ontem, sem barulho, sem molecagem e o melhor sem acidentes. Sabe porque isso aconteceu? porque as autoridades se uniram e se interessaram para dar um basta nessa bagunça que hora tinha se tornado o moto passeio entre aspas. Por isso digo que quando as nossa autoridades querem combater um crime e resolver um problema elas conseguem sim, basta querer, ontem por exemplo, ficou na história eu não vi uma só pessoa reclamar pela não realização desse moto passeio. Acredito porém que essa tradição possa ser até ressuscitada mas de uma outa forma, com mais educação e disciplina. Essa é a nossa opinião.

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

O ministro da Educação, Rossieli Silva, durante apresentação do sistema de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

Cerca de 7,5 milhões de pessoas deverão se inscrever para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Só na primeira hora de inscrições abertas, mais de 150 mil pessoas já haviam se registrado para fazer o exame – número que superou a marca de 200 mil na meia hora seguinte. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 deste mês, por meio da Página do Participante.

O pagamento da taxa de R$ 82, para quem não conseguiu a isenção, deve ser feito até o próximo dia 23. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), todos os candidatos devem se inscrever até o dia 18, inclusive aqueles 3,36 milhões que já garantiram o direito de isenção da taxa para a edição 2018 do exame.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (7), o MEC manifestou preocupação em amenizar o prejuízo causado pelos candidatos que tinham obtido o direito à isenção de taxa e não compareceram às provas. Segundo o ministro da Educação, Rossieli Silva, o prejuízo ficou em R$ 962 milhões apenas nas últimas cinco edições do Enem.

Os candidatos que não compareceram ao exame do ano passado precisaram justificar a falta para continuar isentos do pagamento da taxa. Ao todo, 208,6 mil solicitações de isenção foram feitas por participantes que faltaram às provas em 2017, das quais apenas 5,7 mil foram aprovadas (4.345 após apresentarem comprovantes e 1.357 por meio de justificativas de ausência).

“Já batemos 200 mil inscritos em uma hora e meia de inscrição. Isso demonstra, mais uma vez, a importância do Enem”, disse o ministro Rossieli Silva, ao apresentar as novidades deste ano. “Temos uma série de novidades, entre elas, a inscrição prévia para aqueles que desejam manter a isenção, com a necessidade de que aqueles que faltaram no Enem passado justifiquem a sua falta. Isso é muito importante, porque temos quase R$ 1 bilhão desperdiçados, quando a gente une as últimas cinco edições do Enem”, afirmou.

O custo de cada aluno para o governo é de R$ 90, valor que é subsidiado pela taxa de inscrição de R$ 82 paga pelos candidatos. Para fazer a inscrição, o candidato deve apresentar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do documento de identidade e criar uma senha.

Na hora da inscrição, ele deve também informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que serão usados para enviar informações sobre o exame.

Também deve ser indicado o município onde o candidato quer realizar o exame e a língua na qual quer fazer a prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

O candidato que necessitar de atendimento especializado ou específico deve fazer essa solicitação no ato da inscrição. Os candidatos travestis ou transexuais que desejarem também poderão pedir atendimento pelo nome social.

As provas do Enem deste ano serão realizadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro.

Fonte:  Agência Brasil.

Policia Militar deu início a operação por ocasião da festa dos motoqueiros

Teve início a operação policial militar, que será desenvolvida a partir de hoje e segue até domingo (6). Na primeira ação, 15 motos foram apreendidas. Algumas sem placa e outras com cano kadrom ou das duas formas.

“Estamos visando reprimir as arruaças de motoqueiros, bem como reprimir assaltos na cidade, por ocasião da festa dos motoqueiros. Nesse período, vamos fiscalizar a documentação dos veículos, do condutor, equipamentos obrigatórios. Serão reprimidas as retiradas de cano de descarga e já aplicaremos a nova disposição de lei de que trata os rachas é quem levanta pneus de moto, como atitude criminosa, onde será providenciado o auto de prisão em flagrante delito por crimes de trânsito”, detalha o Ten Cel Erisvaldo Viana, comandante do 12° BMP.

O comandante Lembra ainda que existe o Termo de Ajuste e Conduta que proíbe a passeata de motocicletas no domingo. “Infelizmente, tivemos que tomar a iniciativa junto ao Ministério Público, em virtude de muitos acidentes com vítimas fatais em eventos desta natureza em anos anteriores, onde a vida de jovens foram ceifadas precocemente em virtude de imprudências de menores na condução de veículos automotores, de tal modo que grande parte da população não aguentava mais aqueles barulhos ensurdecedores, balbúrdia, seguida de uma intranquilidade pública”, complementa.

Além de militares de Piripiri, a operação tem apoio do BPRONE, do CIPTRAN e do BPRE, que já estão na cidade, conforme planejamento prévio do coronel com o Comando Geral da PM PI. Aplausos para o trabalho das autoridades e da polícia! Com informações do Comandante do 12º Batalhão de Polícia, tenente coronel Erisvaldo Viana.

Donos de autoescolas de Piripiri e demais cidades protestam contra a elevação de custos

Donos de autoescolas de Teresina e interior do Piauí realizaram um protesto na manhã desta quarta-feira (2), em frente à sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), contra a implantação do simulador e de câmeras de monitoramento nos carros (Telemetria). Segundo a categoria, as novidades podem deixar a habilitação até 70% mais cara.

“Sabemos que o novo instrumento de fiscalização, a telemetria, dará mais transparência às aulas práticas nas autoescolas e exames. Contudo, isto gera um custo a mais para a autoescola e o valor será passado aos candidatos. Atualmente o valor médio cobrado para uma habilitação categoria B é de R$ 1,4 mil, com a implantação do novo sistema pode chegar a R$ 2,6 mil”, declarou o presidente do Sindicato dos Instrutores e Funcionários de Autoescolas do Piauí (Sinfaep-PI), Everaldo Ferreira.

A obrigatoriedade da Telemetria é uma determinação do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que publicou a portaria 238/2014. Segundo a publicação, os Centros de Formação de Condutores deverão instalar, até 1º de julho, o sistema de monitoramento nos veículos utilizados para a prática de direção.

Na Telemetria serão instaladas câmeras de alta definição capazes de fazer reconhecimento facial dos candidatos a habilitação, que serão monitorados pelo novo sistema. As aulas práticas de direção contarão com o novo sistema eletrônico de monitoramento os dados serão enviados aos órgãos de trânsito.

De acordo com o advogado Ludy Vieira, que representa o grupo de autoescolas, o Governo do Estado pretende determinar que os Centros de Formação de Condutores contratem empresas terceirizadas para monitorar as aulas, o que representa inconstitucionalidade, visto que é dever exclusivo do órgão fiscalizador o monitoramento de atividade-fim.

“Isso quer dizer que, com a instalação obrigatória dos simuladores e das câmeras, se esse valor realmente for definido, infelizmente, teremos mais pessoas na ilegalidade por conta do alto custo para se tirar uma habilitação”, concluiu.