Filho de vice-prefeita é assassinado a tiros em via pública no interior do Maranhão

Nesta terça-feira (18), o advogado Lael Filho foi assassinado em Independência, distrito de Peritoró. O jovem é filho da atual vice-prefeita de Poção de Pedras, Adailza Brandão, e do ex-vice-prefeito Lael Bezerra. Os moradores do município estão completamente alarmados com o assassinato, pois ninguém esperava que o jovem com bons antecedentes fosse vítima desse tipo de crime.

De acordo com informações, Lael dirigia um veículo quando, ao reduzir a velocidade para passar num quebra-mola, foi surpreendido por dois homens numa motocicleta vermelha usando capacete. A dupla chegou efetuando disparos de armas de fogo.

Além de Lael, estavam presentes no carro mais duas pessoas, o amigo Zidane, que também veio a óbito e a avó materna que não ficou ferida. A idosa ainda chegou a pedir socorro para seu neto, porém, o mesmo já não apresentava mais sinais vitais.

Até o momento a motivação do crime é desconhecida. A Polícia Civil agora investigará as causas da ação criminosa, que tem fortes indícios de crime de encomenda, uma vez que nada foi levado das vítimas. O delegado já está no local com sua equipe fazendo os levantamentos periciais.

Lael Filho era formado em Direito e Educação Física e ultimamente residia em Poção de Pedras.

Do blog do Carlinhos Filho e fotos da rede social

Veículo bate de frente com um poste na tarde deste sábado,15 na rua de cima

 

Um acidente foi registrado na tarde deste sábado,15 por volta das 14;30h na av. Dirceu Arco verde de frente ao comercial Valdo squina chamou a atenção de muitos curiosos devido ao tamanho que ficou o estrago no carro um veículo de passeio pálio de cor preta de placa ODY8367 que bateu de frente com um poste no meio da avenida, o motorista que não foi revelado o nome que segundo informações é de Teresina ficou bastante ferido e foi socorrido pelo SAMU.

Por sorte não houve danos humano (sem vítima fatal) maiores, apesar de que o poste com a batida quebrou mas não chegou a cair.

Mais de 530 mil famílias no Piauí vão receber auxílio após queixa do Consórcio Nordeste

Um total de 530.885 mil famílias de baixa renda do Piauí serão contempladas pelo Auxilio Brasil, no valor mínimo de R$ 400, já neste mês de janeiro, é o que afirma o Ministério da Cidadania ao divulgar, nesta terça-feira (11), o quantitativo de beneficiários do programa nos estados. Até dezembro de 2021, eram 455.684 piauienses atendidos pela iniciativa.

A não inclusão de famílias, levou os governadores do Consórcio Nordeste a questionarem o governo federal junto ao STF (Supremo Tribunal Federal). No levantamento dos governadores, cerca de 2,2 milhões famílias estavam na lista de espera, sendo 844 mil somente no Nordeste.

Segundo o  Ministério da Cidadania, o aumento do número de assistidos pelo novo programa de transferência de renda do Governo Federal ocorre por conta da fila de elegíveis para ingresso no Auxílio Brasil ter sido zerada em todo o país. No Piauí, 75.201 pessoas aguardavam inclusão no programa assistencial desde o ano passado e agora começarão a receber o benefício.

Segundo Roberto Oliveira, gerente dos programas de transferência de renda da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), esse crescimento de beneficiários é resultado do trabalho de busca ativa realizado das equipes dos Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) espalhados pelo estado.

“Nós que fazemos o trabalho de monitoramento já tínhamos essa quantidade de famílias que estavam na condição de extrema pobreza e que infelizmente, por conta das paralisações de novas concessões, acabou aumentando a demanda, mas hoje temos essa boa notícia de novos beneficiários”, disse o gerente ao Cidadeverde.com.

Parque Serra da Capivara, único do País, incluído na lista do The New York Times

O Parque Nacional Serra da Capivara é o único local brasileiro presente na lista dos 52 destinos para viajar em 2022 divulgada pelo jornal americano “The New York Times”.

Veja matéria completa aqui

No parque – patrimônio da humanidade – as pesquisas conduzidas pela arqueóloga Niède Guidon levantaram debates mundiais sobre o povoamento do homem nas Américas. A teoria que confrontou foi a do estreito de Bering, de que o homem chegou ao continente há 11 mil anos, indo da Ásia em direção ao Alasca, pela região marítima.

Os resultados das datações no parque da serra da Capivara indicavam que os dados da teoria não teriam mais validade. As escavações revelaram vestígios de mais de 50 mil anos.

Na região, existem o Museu da Natureza e o Museu do Homem Americano, administrado pelo Fundação Museu do Homem Americano (Fundham).

A matéria do The New York Times” traz em primeiro lugar, a cidade italiana de Chioggia, uma espécie de “mini Veneza”. O Parque Nacional Chimanimani, em Moçambique, e o bairro do Queens, em Nova York (EUA), além da comunidade Hoonah, no Alasca, Delta do Rio Vermelho, no Vietnã, Ilha do Fogo, no Canadá, ecoturismo de Serra Leoa e Nápoles, na Itália.

O principal critério adotado pelo periódico americano para elaborar a lista dos destinos para viajar em 2022 foi a sustentabilidade.

A chefe do Parque, Marrian Rodrigues comemorou a publicação.

“Depois de longas conversas com o correspondente da Times, falando do nosso Parque, da gestão, dos trabalhos e pesquisas, estamos na lista dos mais importantes roteiros turísticos do mundo. O Parque viveu longos anos de uma mídia negativa que afugentava os visitantes e trazia incertezas; tenho empreendido esforços para mostrar que , parafraseando a doutora Niede Guidon “temos aqui um exemplar único da humanidade e merece o seu devido reconhecimento”. Cidadeverde.com.

Veja lista dos destinos recomendados: 

Chioggia, Itália
Parque Nacional Chimanimani, Moçambique
Queens, Nova York (EUA)
Northumberland, Inglaterra
Zihuantanejo, México
Parque Iberá, Argentina
Região vinícola do Alentejo, Portugal
Arquipélago Lucayan, Bahamas e Turks e Caicos
Evia, Grécia
Cobscook Shores, Maine (EUA)
Hoonah, Alasca (EUA)
Cleveland, Ohio (EUA)
Courmayeur, Itália
Delta do Rio Vermelho, Vietnã
África do Sul
Uttarakhand, Índia
Fogo Island, Newfoundland, Canadá
The Great Highway, San Francisco (EUA)
Kyoto, Japão
Floresta Nacional El Yunque, Puerto Rico
Serra Leoa
Eslovênia
El Hierro, Espanha
Península Summerland, Austrália
Reserva da Biosfera de Dana, Jordânia
Gouda, Holanda
Thy, Dinamarca
Red Sea Mountain Trail, Egito
Rio Little Calumet, Chicago (EUA)
The Inner Hebrides, Escócia
Normandia, França
Estes Park, Colorado (EUA)
Ilha Kunta Kinteh, Gâmbia
Nápoles, Itália
Höga Kusten, Suécia
Humboldt, Kansas (EUA)
Groelândia
Marrakesh, Marrocos
Northland, Nova Zelândia
Ilha de Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá
Parque Nacional Elijio Panti, Belize
Sarasota, Flórida
Vanuatu
Condado de Santa Cruz, Califórnia  (EUA)
Parque Nacional da Serra da Capivara (Brasil)
Parque Nacional Saguaro, Arizona (EUA)
Ilhas Cíes, Espanha
Mônaco
Bronzeville, Milwaukee (EUA)
Parque Nacional Thaidene Nëné, Canadá
Parque Nacional de Cerro Castillo, Chile
Floresta Tropical de Daintree, Austrália

Semar suspende passeios no Cânion do Poti por causa das chuvas

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) suspendeu as atividades de passeio ecoturístico no Cânion do Poti, localizado na região Norte do estado. Estão vetados passeio tanto no leito do Rio Poti como nas estruturas rochosas.

De acordo com a Semar, a medida é para evitar acidentes por causa do período chuvoso. “A medida é para evitar qualquer eventualidade, em razão do período de intensa precipitação pluviométrica”, disse o secretário do meio ambiente, Daniel Marçal.

Para os próximos dias, a Semar está organizando uma inspeção conjunta para avaliação ambiental, de riscos e segurança na área, em conjunto com instituições.

“Instituições como o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí, Serviço Geológico do Brasil – CPRM e Instituto de Desenvolvimento do Piauí vão participar da ação”, afirma o secretário Daniel.

No Piauí, 22 detentos não retornaram aos presídios após saída de Natal

A Secretaria Estadual de Justiça informou nesta sexta-feira (07) que 22 detentos beneficiados com a saída temporária de Natal não retornaram ao sistema prisional do Piauí. Os presos deveriam ter retornado para as unidades prisionais até a última terça-feira, 04 de janeiro. Agora, eles são considerados foragidos.

No Piauí, 387 detentos, do regime semi aberto, foram beneficiados com a saída temporária, entre os dias 23 de dezembro e 4 de janeiro. A liberdade provisória foi concedida pela Vara de Execuções Penais, do Tribunal de Justiça do Piauí.

De acordo com a Secretaria de Justiça, a maioria dos presos beneficiados com a saída temporária do Natal cumpre pena na Colônia Agrícola Major Cesar, na BR 343. Os demais detentos cumprem o regime semiaberto em outras unidades prisionais, na capital e no interior.

Na última terça-feira, Dois detentos da Colônia Agrícola Major César Oliveira, beneficiados com a saída temporária, foram interceptados por policiais penais e militares das Rondas Ostensivas de Caráter Prisional (Rocap) nas imediações da unidade prisional. A dupla estava acompanhada portava duas pistolas e 61 munições.

Ministros da Casa Civil e da Cidadania visitam áreas afetadas pelas chuvas em Teresina

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas), e o ministro da Cidadania, João Roma, desembarcaram em Teresina na manhã desta quarta-feira (05) para visitar as áreas afetadas pelas chuvas. O objetivo da visita é traçar estratégias para auxiliar às famílias afetadas. Pelo menos 400 famílias foram atingidas pelos alagamentos  e 230 ficaram desabrigadas.

Os dois ministros desembarcaram por volta de 9h30 no aeroporto de Teresina, na zona Norte. Eles não usavam máscara de proteção contra a Covid-19 e faram com a imprensa. O ministro João Roma informou que Teresina deve receber recursos federais para o enfrentamento dos impactos causados pelas chuvas.

Os ministros acompanharam o prefeito Dr. Pessoa (MDB) em visita às zonas alagadas após as fortes chuvas. Eles ainda sobrevoaram de helicóptero as regiões afetadas. Na aeronave estavam Ciro Nogueira, João Roma, o deputado Átila Lira (Progressistas) e o presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha.

Morre em Teresina o jornalista e apresentador Lívio Galeno

Morreu na tarde desta quarta-feira (5), o jornalista e apresentador Lívio Galeno. Ele estava internado no Hospital São Marcos desde o dia 1º de janeiro onde tratava uma pneumonia, que evoluiu para uma infecção generalizada.

Lívio, que trabalhou no Grupo Cidade Verde entre os anos de 2010 e 2014, atualmente apresentava o telejornal O Dia News, na O Dia TV. Era formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e tinha 36 anos.

O jornalista era natural de Parnaíba e atuou ainda como repórter da Coordenoria de Comunicação Social do Estado do Piauí, na Secretaria de Comunicação de Teresina e em portais de nóticias.

Lívio Galeno era casado e deixa uma filha. O governo do Piauí divulgou nota de pesar pela morte do jornalista.

A Coordenadoria de Comunicação do Estado (CCOM), em nome do coordenador Allisson Bacelar, lamenta profundamente o falecimento precoce do jornalista Lívio Galeno, nesta quarta-feira (5).

Ele atualmente era âncora do telejornal da TV O Dia e já trabalhou também na Rádio Antares, do Governo do Estado, e na TV Cidade Verde.

Neste momento de dor, a CCOM expressa as mais sinceras condolências aos amigos e familiares de Lívio Galeno.

A Prefeitura de Teresina também lamentou em nota a morte de Lívio. Confira na íntegra:

A Prefeitura de Teresina lamenta o falecimento do jornalista Lívio Galeno ocorrido, nesta quarta-feira (05) em Teresina. Lívio Galeno atualmente era apresentador de TV e durante sua carreira trabalhou em vários veículos de comunicação, sempre se destacando pelo profissionalismo e competência. Exercia a profissão com amor. O prefeito Dr. Pessoa se solidariza com a família e amigos enlutados ao tempo em que manifesta condolências a todos.

Governo diz ter zerado fila do Auxílio Brasil com inclusão de 2,7 milhões de famílias

O Ministério da Cidadania informou nesta terça-feira (4) ter zerado a fila de espera do Auxílio Brasil, após a inclusão de cerca de 2,7 milhões de famílias no programa social.

Com a medida, o número de beneficiários da política ultrapassa os 17 milhões. Antes, o alcance era de 14,6 milhões.

As famílias foram incluídas já na folha de dezembro, que será paga a partir de 18 de janeiro, conforme o calendário.

O Auxílio Brasil foi implementado em novembro de 2021, no lugar do Bolsa Família, programa social que foi marca das gestões petistas.

Em novembro, o valor médio do programa ficou em R$ 224. Em dezembro, o presidente Jair Bolsonaro (PL) editou uma MP (medida provisória) para criar um benefício extraordinário que garante o pagamento mínimo total de R$ 400 por família.

O repasse dos R$ 400 era uma promessa de Bolsonaro, que buscará a reeleição neste ano. Na quinta-feira (30), um novo decreto prorrogou o benefício extraordinário até dezembro de 2022.

Apesar de o governo dizer ter zerado a fila, não há garantias de que essa situação será duradoura.

Durante a votação do Auxílio Brasil, o Congresso Nacional incluiu um dispositivo que obrigava o governo a incluir no programa as famílias que preencham os critérios exigidos -situação de pobreza, com renda de até R$ 210 por pessoa, ou extrema pobreza, com renda de até R$ 105 por pessoa.

Na prática, esse artigo significaria o fim das filas de espera por inclusão na política social. Bolsonaro, porém, vetou o trecho da lei.

“Isso se deu porque a vinculação de atendimento de todos os elegíveis, de forma automática, altera a natureza da despesa do programa de transferência de renda do governo federal e acarreta, consequentemente, ampliação das despesas sem a devida previsão orçamentária”, justificou o governo.

O veto ainda precisa ser analisado pelo Congresso Nacional, que tem autonomia para derrubá-lo.

Nesta terça-feira, o Ministério da Cidadania reforçou que novos pedidos por ingresso no Auxílio Brasil não deflagram inclusão automática das famílias no programa.

“O ingresso e a permanência das famílias ocorrem a partir da inscrição no Cadastro Único. Importante lembrar que essa inscrição não resulta no imediato repasse de recursos. Segundo a legislação em vigor, a concessão do benefício está condicionada à disponibilidade orçamentária”, diz a pasta.

Fonte: Folhapress

Tragédia: carro cai em riacho durante chuva e 5 pessoas morrem afogadas em Altos

Cinco pessoas morreram afogadas na madrugada deste sábado (1º) após um carro cair em um riacho na zona rural da cidade de Altos, a 41 km de Teresina. O acidente ocorreu durante forte chuva por volta das 4h30.

O veículo era ocupado por seis pessoas, sendo que cinco morreram e uma conseguiu sair. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o condutor do veículo tentou atravessar uma ponte que estava coberta por água. O veículo não conseguiu passar e caiu no córrego. Quatro corpos foram encontrados dentro do veículo.

Entre as vítimas estão um homem, duas mulheres, um adolescente de 14 anos e uma criança de 8 anos de idade. Eles não tiveram os nomes revelados. O corpo do adolescente ainda não foi localizado.

Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros realizam buscas para localizar o adolescente. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina.

Cinco pessoas morreram afogadas na madrugada deste sábado (1º) após um carro cair em um riacho na zona rural da cidade de Altos, a 41 km de Teresina. O acidente ocorreu durante forte chuva por volta das 4h30.

O veículo era ocupado por seis pessoas, sendo que cinco morreram e uma conseguiu sair. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o condutor do veículo tentou atravessar uma ponte que estava coberta por água. O veículo não conseguiu passar e caiu no córrego. Quatro corpos foram encontrados dentro do veículo.

Entre as vítimas estão um homem, duas mulheres, um adolescente de 14 anos e uma criança de 8 anos de idade. Eles não tiveram os nomes revelados. O corpo do adolescente ainda não foi localizado.

Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros realizam buscas para localizar o adolescente. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina.