Justiça marca julgamento dos acusados de matar a advogada Izadora Mourão

A Justiça da Comarca de Pedro II marcou para 15 de fevereiro de 2022, a partir das 07h, a sessão plenária do Tribunal Popular do Júri que vai julgar o jornalista João Paulo dos Santos Mourão e a mãe Maria Nerci dos Santos Mourão acusados do assassinato da advogada Izadora Santos Mourão, ocorrido em 13 de fevereiro de 2021. João Paulo e Maria Nerci foram pronunciados por homicídio triplamente qualificado (meio cruel, com uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio) e caso sejam condenados, cada um poderá pegar até 30 anos de prisão.

A data para o julgamento foi designada pelo juiz Diego Ricardo Melo de Almeida, através de decisão proferida na tarde de ontem (24).

“Desse modo, na qualidade de Presidente do Tribunal Popular do Júri, inexistindo irregularidades a serem sanadas, estando suficientemente instruído, julgo preparado o processo, determinando que os réus João Paulo dos Santos Mourão e Maria Nerci dos Santos Mourão, já qualificados nos autos, sejam submetidos a julgamento pelo Egrégio Tribunal Popular do Júri desta Comarca”, diz a decisão.

FONTE: GP1