Justiça Federal condena Eduardo Cunha a 24 anos de prisão

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara em Brasília, condenou o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (MDB), nesta sexta-feira (01), a 24 anos e dez meses de prisão por desvios e irregularidades na Caixa Econômica Federal no âmbito da Operação Sépsis.

A Justiça o considerou culpado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e violação de sigilo funcional.

Eduardo Cunha atualmente está preso em Curitiba. No ano passado ele foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão, em processo da Operação Lava Jato, por receber propinas em troca de favores da Petrobras.

Além de Cunha, o ex-ministro e também ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (MDB) foi condenado a cumprir uma sentença de 8,8 anos de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro.

Fonte: GP1