Givaldo Alves é derrubado do IG: ‘Cabeças vão rolar’

Ex-morador de rua alçado ao posto de webcelebridade perdeu o perfil na plataforma e ficou revoltado

Givaldo Alves, ex-morador de rua que ficou nacionalmente conhecido ao ser flagrado tendo relações sexuais dentro de um carro com uma mulher, pelo marido dela, em Planaltina (DF), está revoltado com a queda de seu perfil no Instagram. Depois de viralizar nas redes em um vídeo no qual era visto sendo espancado pelo homem, ele foi transformado em influenciador digital e já contava com quase 500 mil seguidores na plataforma. A página, no entanto, está fora do ar desde o último sábado (16), sem motivo aparente.

No Instagram, Givaldo vinha compartilhando sua nova rotina, gastando dinheiro em baladas e distribuindo notas nas ruas a outras pessoas em situação de vulnerabilidade. No último sábado (16), porém, seu perfil saiu do ar e ele reclamou em outra plataforma, o TikTok. “Cabeças vão rolar. Aguardem. Já que derrubaram minha conta lá no vizinho [Instagram], vou tirar uma folga até voltar. Podem tentar, mas a gente que viveu nas ruas aprende que cada dia é dia. Força e coragem a todos os que torcem por mim”.

Alguns fãs do ex-morador de rua especulam que a queda do perfil tenha relação com uma briga dele com a advogada e DJ Deolane Bezerra. Dias antes da página sair do ar, ele havia postado um vídeo mencionando ela. “Já que a doutora Deolane disse que está aguardando a intimação, pronto, a Justiça já intimou. E agora ela terá que responder”, afirmou ele.