Erro no manejo da ração causa morte de 125 bois e vacas em fazenda no Nordeste

A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) confirmou nessa semana que a causa das mortes de 125 animais, entre bois e vacas, em uma Fazenda de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, foi alimentar.

Segundo a Adab, os laudos comprovaram que os animais não morreram por um problema patológico, mas em função de um erro de manejo das rações, que continham grande concentração de proteicos.

Como os animais tinham mudado de ração há pouco tempo, sem antes passar por um processo de adaptação, eles sofreram uma espécie de empanzinamento e morreram.

No dia 13 de novembro, 60 animais foram encontrados mortos na Fazenda Pica-Pau. Desde então, outros animais morreram na mesma localidade. Entre os dias 16 e 18 de novembro, outros 20 animais morreram na fazenda, contabilizando 125 animais mortos.

A Adab foi acionada pelo proprietário da fazenda e investigava a causa das mortes. Quatro animais foram periciados, e a análise nesses animais comprovou a causa.

Fonte: Compre Rural