Empresário é preso acusado de esfaquear advogada em Piracuruca

Uma tentativa de feminicídio deixou a advogada Antônia Marlúcia Brito Escórcio gravemente ferida após ser atingida por golpes de faca na região do peito, no município de Piracuruca, a 196 km de Teresina nessa segunda-feira (11). O suspeito do crime seria o ex-namorado da advogada que segundo a Polícia Civil, já se encontra preso.

O filho de Antônia Marlúcia, Gilberto Escórcio, informou ao Cidadeverde.com que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima e que teria escondido a faca debaixo da blusa com a intenção de ferir a mãe.

“Ela terminou com ele há mais ou menos um mês, mas ele não aceitava o fim do relacionamento e todo dia mandava mensagem para ela. Ontem, ele tinha ido em casa conversar com ela de manhã, mas depois foi embora. Quando ele voltou de tarde, ele chamou ela para conversar quando de repente eu escuto os gritos dela pedindo ajuda. Ele levou a faca debaixo da blusa, já estava com a intenção”, conta o filho da vítima.

Ainda de acordo com os familiares, o estado de saúde da advogada é bastante grave. Ela foi trazida à Teresina e no momento se encontra internada na UTI do Hospital São Marcos.

“Ela perdeu muito sangue, perfurou alguns órgãos internos dela e a situação dela é gravíssima”, explica Gilberto Escórcio.

Segundo informações da Polícia Militar, as equipes foram acionadas por volta das 13h40 à residência da vítima.

“Por volta das 13h40 alguns populares ligaram para a polícia informando que havia ocorrido esse crime e de imediato a gente se deslocou à residência”, explica o soldado Jefferson Carvalho da Polícia Militar de Piracuruca.

De acordo com a PM, o caso foi encaminhado a Polícia Civil do município que deverá ficar responsável pelo inquérito.

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí (OAB-PI) e Subseção de Piripiri também emitiram uma nota relatando que está acompanhando o caso e cobrando das autoridades competentes as devidas providências.

Confira nota:

A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECCIONAL DO PIAUÍ, SUBSEÇÃO DE PIRIPIRI, por sua Diretoria e pela Subcomissão da mulher advogada vêm a público manifestar repúdio de forma veemente à tentativa de feminicídio praticado contra a Advogada, Dra Antônia Marlucia Brito Escórcio, ocorrido nesta segunda feira (11.10.2021), na cidade de Piracuruca, tendo como acusado o seu companheiro.

É inadmissível e injustificável a escalada de violência contra a mulher em razão de seu gênero. Neste caso específico, uma mulher advogada, reconhecida pelos relevantes serviços prestados à sociedade de Piracuruca e região.

A Subseção de Piripiri e a OAB/PI acompanham de perto esse fato lamentável, cobrando das autoridades competentes uma reposta rápida no sentido de capturar e prender o acusado.

Fonte: Cidade Verde